Quem disse que cães não têm sentimentos?

Finzinho de noite, uma série de coisas para ler e estudar, mas não poderia deixar de compartilhar com vocês o que, pra mim, é um dos videos mais emocionantes que já vi na vida.

Após seis meses fora de casa, Gary Daugherty tem um reencontro emocionante com seu amigo Bugaboo.

A cena é inexplicável… Só vendo pra sentir o que estou querendo dizer:

E depois disso, ainda tem gente que tem coragem de abandonar um cachorro por achar que ele não sentirá nada. Sente sim! Cães sentem saudade, medo, alegria, raiva, tristeza… São seres impressionantes e de uma inteligência incrível.

É por essas e outras que dou mais valor a um cachorro do que a muita gente…

Anúncios

Natal – RN: uma viagem inesquecível!

No dia 4 de abril desse ano, eu e meu namorado comemoramos 2 anos de amor! Daí, decidimos nos dar de presente uma viagem. Destino: Natal, Rio Grande do Norte. Não poderia ter sido melhor!

Começamos a planejar nosso roteiro bem antes; salvamos os mapas e os endereços dos lugares pra onde íamos e sempre levávamos o notebook pra nos orientar. Planejar tudo com calma e antecedência foi essencial pra que desse certo. Claro que nem tudo aconteceu 100% como o planejado, sobrou até tempo, rsrs, mas foi muito bom! Visitamos os principais pontos turísticos, faltando ir apenas às Dunas de Genipabu, praia de Pipa e um bar de rock maneiríssimo que eu esqueci o nome. (Com certeza voltaremos pra curtir esses lugares 😛 )

Os dias que ficamos lá foram de um sol lindo e o céu tinha um azul que nunca tinha visto na vida; simplesmente perfeito!

Bom, melhor deixar as fotos falarem por si, né? (Clique em cima para aumentar 😉 )

cats

SAM_2354

cats1

SAM_2419

SAM_2430

cats3

cats4

cats5

cats6

SAM_2546

SAM_2626

O único ponto negativo que achei foi que não tinha um rodízio de sushi na cidade 😦 No mais, foi tudo ótimo.

Em Ponta Negra, onde ficamos hospedados, tem o melhor rodízio de carne que já fomos: Restaurante Tábua de Carne. A variedade é incrível, o ambiente é uma delícia e o atendimento é muito bom também. Então, se você gosta de comer bem e muito, não deixe de passar por lá.

:*

In love: esmalte azul indigo

Bom dia, meninas!

Hoje vim mostrar pra vocês o esmalte mais apaixonante de todos os tempos: O Indigo Blue – 12, da Adriane Galisteu.

Ele combina super bem com esse clima de inverno (apesar de usá-lo em qualquer época do ano, rs), com todas as ocasiões e todo tipo de look.

A duração é muito boa, assim como a cobertura: com duas camadas a cor já fica perfeita. 😉 Uso demais e recomendo! 😀

Foto0573

                    esmaltes-adriane-galisteu-01         Foto0576

Minha avaliação:

5 coraçõeszinhos

 

Ótima quarta-feira pra vocês e até a próxima!

o/

 

(Desculpem a baixa qualidade das fotos, minha câmera tá quebrada e a imagem do celular não é das melhores, hehehe)

Fazer ou não fazer? Eis a questão!

Boa noite, pessoal!

Segunda-feira tá terminando e a semana tá só começando! E como hoje temos estreia de escritoras e categorias \o/ também vim trazer minha contribuição e inaugurar duas categorias com um assunto um tanto quanto polêmico.

O sexo anal é muito comentado na blogosfera, quase sempre baseado nos contos pornográficos. Todos dizem que é bom,ensinam como as mulheres devem se preparar para isso e, apesar dos pesares, incentivam a prática, além de fazer  com que aquelas que rejeitam a ideia se sintam mal, atrasadas, cafonas.

Por isso, senti a necessidade de levar o caso mais a sério e, deixando de lado as questões socio-emocionais, quero compartilhar com vocês uma abordagem mais científica e educativa.

Uma psicóloga explica de modo fácil e didático tudo o que ocorre com o organismo durante a prática do sexo  anal e, pra mim, essa foi uma das melhores explicações sobre o assunto que já vi.

O video tem quase 20 minutos, mas vale muito a pena. Logo abaixo, deixo um “resumo” com os pontos principais do video.

Vamos dar uma conferida?

Alguns pontos interessantes:

  • O ânus, bem como o aparelho digestivo, não foi feito para o sexo;
  • A região do reto é extremamente contaminada por bactérias;
  • O não uso da camisinha pode levar à AIDS, septicemia, endocardite bacteriana… (precisa de mais?);
  • A prática do sexo anal aumenta as chances de desenvolver hemorroidas;
  • O atrito constante na região anal leva à modificação da morfologia celular daquela área (acarretando em displasia, neoplasia, câncer!)
  • A mulher não possui terminais nervosos nessa região, ou seja, para ela o sexo anal em si não é prazeroso;
  • Para o homem conseguir um orgasmo no ato sexual, a próstata deve estar hiperplásica (e para isso acontecer é preciso traumatizá-la bastante);
  • O índice de câncer de próstata é maior em homossexuais.

Muitos desses infortúnios podem ser evitados com camisinha, higiene, lubrificação adequada e acima de tudo, bom senso. 😉

Depois disso, cabe a você (e você só) decidir se é bom ou ruim, certo ou errado e se deve ou não fazer.

E para aqueles que curtem e aqueles que pretendem experimentar, nunca abram mão da camisinha! Não arrisquem o resto da sua vida por uns minutos de prazer.

Por hoje é só, galera. Até a próxima!

=*

Uso & Abuso: Batom Vult cor 46.

Alô você que nos lê! Como vai?

Bem, hoje estou abrindo uma nova categoria no blog: Beleza. E para começar, vou falar de um produto que tenho usado e abusado bastante ultimamente, o Batom #46 da Vult. Mas antes de mais nada, gostaria de enfatizar que este post contém conteúdo único de opinião pessoal, não há qualquer tipo de patrocínio por trás desta publicação.
Recado dado, então vamos lá!

Vult Cosmética LogoSegundo a marca:

 Suas cores plenas fixam e promovem cobertura perfeita aos lábios. A ampla cartela de opções está conectada com as últimas tendências e permitem uma infinidade de resultados à maquiagem. Texturas subdivididas entre cremosas e cintilantes.

Esse é o típico produto apelidado de “BBB” – bom, bonito e barato. Comprei já tem um tempo em uma farmácia da Big Ben aqui em Recife. No momento eu estava procurando pela cor 27, um tom de coral já bem conhecido pela blogosfera. Mas, na falta dele, me deparei com a cor 46. Achei diferente dos tons que eu tinha, que sempre variam do “rosa-coral-nude”, por ser mais chamativo.

batom1.jpgPerdoem a iluminação da imagem, infelizmente as fotos só foram feitas no final do dia.

Dentre suas características, destaco a textura e acabamento. Quando passado nos lábios, a cor fica vibrante sem muito esforço, cobre bem e fica sequinho, apesar de ser da linha regular (cremosa). A marca também conta com uma coleção mate, mas nunca experimentei nenhum produto dessa linha.
Não sou muito boa em definir cores, mas vejo esse batom com um tom de rosa queimado (corrijam-me se eu estiver errada. 😉 ). No site, a cor não se parece em nada com a cor real do produto, pelo menos no meu monitor, então, uma dica importante para você que quer adquirir outros produtos da marca é pesquisar resenhas pela internet para ter certeza. Como tenho a pele clara e os cabelos escuros, achei que essa cor ornou bastante com as minhas características. É possível que em peles mais morenas o batom não fique tão vibrante.

batom2.jpg

O único ponto negativo para mim é a embalagem. Ela parece ser frágil, apesar de nunca ter acontecido nenhum incidente até agora na minha nécessaire, acho que não seja muito difícil ocorrer algo do tipo. Também o fato da numeração correspondente à cor e data de validade apenas aparecerem na tampa e não no fundo da embalagem. Para quem tem mais de um desses batons e tem costume de trocar as tampinhas, cuidado para não se confundir depois! As amigas agradecem! hahaha

Apesar disso, eu recomendo demais. É super baratinho (paguei em torno de R$8, se não me engano), de muito boa qualidade e bonito! Todas as outras cores que tive a oportunidade de ver também são muito bonitas.

4 corações, faltando apenas um pela embalagem, vai!

4h

Espero que tenha ajudado você! Beijos e até mais! =)

…Como un dulce viento

E nesse comecinho de segunda, a ressaca antecipada das poucas horas de sono que se aproximam – já que você está acordado até agora – , fizeram-me pensar numa música intimista, de uma sonoridade meio que reflexiva e que no fim mesmo se resume numa deliciosa paixão. Apesar de não fazer parte da minha playlist, ela parece tão perfeita para os domingos monótonos, em que você mais quer se transferir pra aquela película quente, em uma casa aconchegante e ficar parado no tempo, encantado pela beleza do seu amor, mesmo que a música seja tão efêmera quanto um sonho bom…

Chega de tanta introdução. A melodia de hoje é de Devendra Banhart com “Brindo”

“No pienso en ti
sólo te siento
pasando por mi
como un dulce viento”